Últimas'Notícias

    PM da Bahia decide encerrar a greve e voltar ao trabalho

    PM da Bahia decide encerrar a greve e voltar ao trabalho

    Postado pela Redação  |   quinta-feira, abril 17, 2014

    Os policiais militares e bombeiros da Bahia decidiram encerrar a greve deflagrada no início da noite da última terça (15). O coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco, apresentou os itens da contra-proposta elaborada pelo Governo do estado, em assembleia realizada no Wet'n Wild, na tarde desta quinta-feira (17), e perguntou aos policiais se eles aprovavam. A maioria levantou as mãos, em sinal de que aprovava o fim da paralisação, gritando em coro "ô, ô, a PM voltou".

    Detalhes do acordo que pôs fim à greve dos militares ainda não foram divulgados. A contra-proposta do Governo foi elaborada durante a madrugada e apresentada aos líderes dos grevistas pelo coronel da Polícia Militar Alfredo Castro na manhã desta quinta (17), no Quartel do Comando Geral da Polícia, nos Aflitos. O arcebispo-primaz do Brasil, dom Murilo Krieger, foi convidado para participar da reunião e abençoou o acordo. 

    Dom Murilo Krieger acompanhou a assembleia no Wet (Foto: Yuri Almeida/Reprodução/Twitter)
    A categoria, que reúne pelo menos 34 mil homens na ativa no estado, reivindicava melhoria salarial, mudanças na política remunerativa, plano de carreira, acesso único ao quadro de oficiais, um Código de Ética, aposentadoria com 25 anos de serviço para a Polícia Feminina, aumento do efetivo, bacharelado em Direito para os oficiais, além de elevação de toda a tropa para o nível superior entre 2014 e 2018.
    A assembleia desta quinta-feira (17) contou com as diversas associações da categoria, como a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), a Associação de Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia (APPM-BA) e a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (Força Invicta).

    Consenso
    Segundo a Secretaria de Comunicação Social do Governo da Bahia (Secom), com o encerramento da paralisação, o Governo do Estado e representantes de entidades de policiais militares vão retomar as negociações para implantação do Plano de Modernização da PM. De acordo com o governo, houve consenso nos seguintes pontos:
    - aumento da Gratificação por Condições Especiais de Trabalho (CET) dos praças na proporção de 25% para as funções administrativas, 45% para as operacionais, 65% para os motoristas e Regime de Tempo Integral (RTI) para os oficiais, com atualização da lei;
    - retirada para nova discussão da proposta do Código de Ética e rediscussão das propostas do Estatuto e Plano de Carreira;
    - rever os processos administrativos e disciplinares referentes à mobilização de 2012;
    - e regulamentar o artigo 92 do Estatuto dos Policiais Militares, nas bases a serem negociadas com o Governo do Estado, Associações e PM – o artigo trata dos auxílios alimentação, funeral, fardamento para alunos em formação, transporte e bagagem.

    Os pontos listados estão em um documento assinado por dirigentes de seis associações representativas da categoria, o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro, e o secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa.

    Multa

    Na tarde de quarta-feira (16), o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), sediado em Brasília, concedeu liminar determinando a imediata paralisação da greve dos policiais militares na Bahia, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 1,4 milhões. A Justiça determinou ainda o bloqueio de bens de Marco Prisco, das associações envolvidas no movimento e de seus dirigentes.

    A decisão foi tomada a partir de pedido urgente ajuizado por meio do Ministério Público Federal (MPF). Segundo a Justiça, o bloqueio de bens visa garantir o ressarcimento dos prejuízos causados aos cofres públicos, a exemplo do uso da Força Nacional de Segurança Pública para o estado.  

    ConsequênciasDurante as 36 horas de greve dos policiais militares, 25 pessoas foram mortas e outras quatros ficaram feridas em Salvador, segundo o boletim diário de ocorrências da Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA). Entre as vítimas estão crianças, adolescentes e policiais militares. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nas últimas 24 horas, houve um aumento superior a 100% no numero de agressões físicas por arma de fogo e branca na capital. 

    Ruas ficaram desertas, lojas foram saqueadas e os pontos de ônibus ficaram vazios por conta do medo da população. Pelo menos 50 pessoas foram presas em flagrante por roubo a mão armada, arrombamentos e saques. Centenas de ônibus deixaram de circular para evitar ataques de vândalos e arrastões.

    Mulher de Ruy Barbosa é presa por golpe milionário ao INSS e Caixa

    Mulher de Ruy Barbosa é presa por golpe milionário ao INSS e Caixa

    Postado pela Redação  |   quarta-feira, abril 16, 2014

    Duas mulheres acusadas de estelionato foram presas no início da noite de segunda-feira (14), por policiais civis do Serviço de Investigação da 1ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Corpin), sob o comando do delegado Ricardo Brito.

    De acordo com o delegado, Ana Paula Silva Umbelino, 32 anos, e Maria Luzia Santana Alves, 51, ambas moradores do bairro Caseb, em Feira de Santana, planejavam aplicar um golpe de 3,5 milhões de reais.

    Segundo informações, a mais jovem é de Ruy Barbosa - Ba. 

    Elas aplicavam golpe na Caixa Econômica Federal e na Previdência Social usando documentos falsos. Os policiais apreenderam, inclusive, uma carteira de identidade com a foto de Maria Luiza, mas em nome de uma pessoa falecida: Edna Mirian Romer da Silva, que deixou um espólio e tem 3,5 milhões de reais em uma conta na Caixa Econômica, no Rio de Janeiro.

    Ricardo Brito informou ainda que as acusadas foram localizadas após investigações dos golpes. “Através de documentos falsos usando nomes de pessoas que já morreram, elas conseguiam fazer empréstimos e resgatar todos os valores. Elas confessaram que conseguiram 150 mil reais no primeiro golpe e agora tentaram aplicar um de 3,5 milhões de reais”, informou o delegado. Ana Paula e Maria Luzia estão presas no Conjunto Penal de Feira de Santana.

    Fonte: Site Acorda Cidade Dilton Coutinho

    Homem baleado em Ipirá

    Homem baleado em Ipirá

    Postado pela Redação  |   quarta-feira, abril 16, 2014

    Na cidade de Ipirá, um homem levou um tiro na perna, na estrada do Bomfim, após reagir a uma tentativa de roubo hoje (16), pela manhã. O rapaz que não teve a identidade revelada, está internado no Hospital Municipal de Ipirá.

    O rapaz  estava seguindo sentido a cidade de Ipirá, quando foi abordado por dois assaltantes. Eles anunciaram o assalto, o rapaz reagiu arrastando o veiculo, em seguida os assaltantes deram um tiro que pegou na perna da vitima e fugiram sem levar nada.

    O rapaz permanece internado no Hospital municipal de Ipirá

    As Informações são do site AscomBahia.

    Itaberaba: Câmara de Vereadores APROVA REAJUSTE DOS SERVIDORES

    Itaberaba: Câmara de Vereadores APROVA REAJUSTE DOS SERVIDORES

    Postado pela Redação  |   terça-feira, abril 15, 2014

    Na noite desta terça-feira (15) a Câmara de Vereadores de Itaberaba aprovou o reajuste de 9,32% para os servidores municipais, sendo 8,32% retroativo ao mês de março (data-base de reposição dos servidores) e 1% no mês de dezembro. Nesta mesma lei complementar foram considerados reajustados o piso do Magistério e o repasse do mesmo percentual (9,32%) aos inativos, que lhes cabem o direito.
    A sessão foi marcada pelo intenso debate acerca da emenda do Poder Executivo em repor também “as perdas” em 9,32%, com reajuste para prefeito e vice-prefeito. Por fim, após a retirada da emenda por ser considerada inconstitucional, e pelo fato de ter sido encaminhada em regime de urgência, a aumento foi efetivamente votado.
    O vereador José Antonio alegou que o SINDICATO em campanha cobrou do Legislativo apoio, após fechar o acordo, o projeto de lei foi enviado à Câmara sem o mesmo comunicar aos vereadores -  que estiveram ao seu lado - ,  o fim das negociações, e que no momento votava às escuras, alegou, e ainda tratou da necessidade da ida do Plano de Carreira à Câmara.

    O vereador Roberto Almeida (PT) apresentou a luta dos servidores, indo às ruas, com caixão nas mãos, cobrando um reajuste mais digno, passando de 7% para 9,32%. Citou o fato de que as reuniões sem a presença dos vereadores ocorreram até porque o próprio executivo não achava importante a presença dos vereadores nas reuniões entre SINDICATO e representantes de prefeitura.

    Redação e Informações do SINDSERV.

    Acusado de estupro é preso em Ruy Barbosa

    Acusado de estupro é preso em Ruy Barbosa

    Postado pela Redação  |   terça-feira, abril 15, 2014

    A Polícia Militar   juntamente com a DEPOL de Ruy Barbosa prenderam nesta segunda (14) o acusado de estupro de nome Nilton Lima Costa, vulgo Ego. 

    Segundo informação do site Acontece na Bahia o mesmo estava escondido nas imediações do povoado Lagoa do Ouricuri na zona rural do município e segundo testemunhas estava ameaçando de também estuprar um outro  menor de 12 anos. 

    Dez pessoas ficam feridas devido a capotamento de ônibus próximo à Ibicoara

    Dez pessoas ficam feridas devido a capotamento de ônibus próximo à Ibicoara

    Postado pela Redação  |   terça-feira, abril 15, 2014

    Dez pessoas ficaram feridas devido a capotamento de um ônibus na BA-142, trecho próximo ao município de Ibicoara, na tarde do último domingo (13). Relatos que chegaram ao Blog do Anderson dão conta que o veículo teria voltado de ré após uma pane numa ladeira.

    De passagem pelo local, o deputado estadual Jean Fabrício Falcão (PCdoB) prestou socorros às vítimas, conforme registrou o leitor Albano Luiz Bandeira. Das 15 pessoas que estavam no coletivo, cinco foram levadas ao Hospital Suzy Zanfretta de Barra da Estiva, na Chapada Diamantina. Do Blog do Anderson
    .

    Policiais militares decretam greve por tempo indeterminado na Bahia

    Policiais militares decretam greve por tempo indeterminado na Bahia

    Postado pela Redação  |   terça-feira, abril 15, 2014

    Os policiais e bombeiros militares da Bahia decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada no Wet'n Wild, no começo da noite desta terça-feira (15). A categoria rejeitou as propostas apresentadas pelo Governo do Estado de reestruturação e modernização da Polícia Militar.
    A decisão foi anunciada pelo coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco. Antes, vários PMs já cantavam: "ôooo, a PM parou".
    Antes da assembleia, Marco Prisco, chegou a se reunir com o governador Jaques Wagner. O comando geral da Polícia Militar também se comprometeu a rever alguns pontos contestados pela categoria, como o Código de Ética e os processos disciplinares de PMs que participaram da greve no ano passado. 

    As opiniões antes da decisão divergiam. O major Ubiraci Vieira, da Associação dos Oficiais do Quadro Auxiliar, comentou a situação. "Por mim, não acontece greve", disse. Ele estava otimista de que eles chegariam em um consenso, mas afirmou que a decisão dependia da categoria - mais de 10 mil policiais estavam no local.
    Já o deputado estadual Capitão Tadeu criticou a postura do governador Jaques Wagner. "Tá tendo conversa direto, tanto o governo quanto as associações, nós estamos conversando diretamente, estamos com toda boa vontade negociando, mas o governador, parece que ele não entende o que está acontecendo, parece que ele tá vivendo no mundo da lua, a situação é crítica e ele acerta uma coisa e faz outra, ele e a equipe dele", afirmou.

    "A proposta dele tira parte dos absurdos que ele colocou no projeto, mas não altera a questão principal, que é melhorar o plano de carreira, porque um soldado não pode mais ficar com 28 anos sem promoção, como também a questão do salário. O governador fez planos de cargos e salários para diversas categorias, e pra Polícia militar ele deixou de lado". Ele afirmou que os PMs querem a negociação. "Essa tropa que está aqui está querendo conversar, negociar, mas não quer ser enganada pelo governador mais uma vez".

    Proposta e críticas
    A categoria, que reúne pelo menos 34 mil homens na ativa no estado, reivindica melhoria salarial, mudanças na política remunerativa, plano de carreira, acesso único ao quadro de oficiais, um Código de Ética, aposentadoria com 25 anos de serviço para a Polícia Feminina, aumento do efetivo, bacharelado em Direito para os oficiais, além de elevação de toda a tropa para o nível superior entre 2014 e 2018.
    O governo tem até 180 dias antes do início do período eleitoral para remeter ao Legislativo qualquer projeto que provoque alterações salariais de servidores. 

    A assembleia desta terça-feira contou com as diversas associações da categoria, como a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), a Associação de Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia (APPM-BA) e a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (Força Invicta).
    O coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco, já havia afirmado que as propostas sugeridas pelo Governo não agradavam. "As propostas que o Governo ofereceu para a gente não contemplam a categoria", disse. 

    Na segunda-feira (14), representantes das associações de policiais e bombeiros militares participaram de reunião com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro. O secretário garantiu rever alguns pontos apresentados aos policiais. Entre os itens propostos para revisão estão o código de ética, o plano de carreira e a promoção na corporação. 

    “Na quinta-feira passada, apresentamos a proposta do governo e desde aquele momento havíamos falado para todos que estávamos colocando aquilo para apreciação. Eles trouxeram uma análise do material. São propostas que vamos analisar e que estamos dispostos a revisar”, afirmou o secretário. 
    12 dias de greve

    Em janeiro de 2012, os policiais militares e os bombeiros da Bahia realizaram uma greve que durou 12 dias. Cerca de 3 mil policiais ocuparam a Assembleia Legislativa, no Centro Administrativa da Bahia (CAB), durante a paralisação. 

    Os policiais reivindicavam o cumprimento da lei 7.145 de 1997, com pagamento imediato da GAP V, incorporação da GAP V ao soldo, regulamentação do pagamento de auxílio acidente, periculosidade e insalubridade, cumprimento da lei da anistia e a criação do código de ética, além da criação de uma comissão para discutir um plano de carreira para a categoria. 

    Durante a greve, a Força Nacional de Segurança Pública e o Exército reforçaram o policiamento em Salvador. Os agentes foram distribuídos em locais de maior circulação de pessoas, como estações de transbordo, hospitais, e Terminal Rodoviário.
    * Com informações do repórter Rafael Rodrigues-correiosdabahia.

    Ipirá- Caminhão na contramão provoca acidente e deixa uma pessoa ferida na BA-52

    Ipirá- Caminhão na contramão provoca acidente e deixa uma pessoa ferida na BA-52

    Postado pela Redação  |   terça-feira, abril 15, 2014

    Um acidente entre um caminhão e um carro de passeio deixou uma pessoa ferida por volta das 13hs, deste domingo 13/04, na BA-052, próximo a entrada da cidade de Ipirá.

    Segundo informações da policia, o caminhão de placa NNM-3658 de Natal, seguia sentido Feira de Santana, invadiu a pista contrária e bateu de frente com o Gol de Placa JKX- 4257 de Ipirá.


    O motorista do Gol, Aristoteles Coelho da Silva, conhecido como (Totinha), foi levado com ferimentos graves para o Hospital Municipal de Ipirá e em seguida foi transferido para o HGE de Salvador. Totinha mora na cidade de Ipirá e não corre risco de morte. Os dois ocupantes do caminhão não ficaram feridos.Fonte:AscomBahia.

    HOT

    Entretenimento

    Tecnologia do Blogger.
    Copyright © -2012-2013 Chapada Noticias - O portal de noticias de Itaberaba e da Bahia. Criação Val di Lucca e Silvoney Santos Grupo Portal
    . E-mail chapadanoticias@hotmail.com Tel (75)8834-3018.
    back to top